TERESINA
turismo-inovador-2024-rede-basil-inovacao-ecossistema-startups-esg-ia-aldo-rosa-ceo-palestrante-cnc-abav-feira-brasilia-df-expositores-4
rede-rs-cidade-2024-brasil-inovador-rio-grande-sul-aldo-rosa-ceo-reconstrucao-doacoes-resgate-acolhimento-abrigo-municipio-enchente-randoncorp-daniel-instituto-elisabetha-randon

Futurecom de 03 a 05.10.23 no Expo São Paulo

Futurecom de 03 a 05.10.23 no Expo São Paulo

Evento aborda novas tecnologias e aspectos regulatórios, bem como inclusão digital e oportunidades na era da interação de dados, pessoas e negócios conectados

O Futurecom, maior evento de inovação, conectividade e transformação digital da América Latina, acontece no Expo São Paulo nos dias 3, 4 e 5 de outubro. Sob o tema central” Connecting the Interactions – a era da interação de dados, pessoas e negócios conectados”, o evento mostra sua potência com destaque para o protagonismo do 5G, que permeia a programação deste ano, com muitos debates sobre o uso e as aplicações da tecnologia de quinta geração para transformar diferentes setores da economia nacional. Será possível acompanhar a evolução do assunto no Future CongressFuture PaymentFuture GOV e Future JUD.

A abertura oficial do evento aconteceu na plenária do Future Congress, com a presença de Marco Basso, Presidente da Informa Markets Latam, e de Juscelino Filho, Ministro das Comunicações, além das autoridades e representantes de associações. Compuseram o palco Inácio Arruda, Secretário de Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento Social do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, representando a ministra Luciana SantosMarília Marton, Secretaria do Estado da Cultura, Economia e Indústria Criativa de São Paulo, representando o Governador Tarcísio de Freitas; Armando Junior, Secretário Adjunto Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo de São Paulo, representando o Prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes; Carlos Baigorri, Presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL); Frederico de Siqueira Filho, Presidente da TELEBRAS; Hermano do Amaral Pinto Junior, Diretor Geral do Núcleo Infraestrutura e Tecnologia da Informa Markets Latam; Humberto Barbato, Presidente-Executivo da Associação da Indústria Elétrica e Eletrônica (ABINEE); Marcos Ferrari, Presidente Executivo da CONEXIS – Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel, Celular e Pessoal; Ivan Ianelli, Diretor-Presidente da ABREPREST – Associação Brasileira de Empresas de Soluções de Telecomunicações e Informática; Luiz Henrique Barbosa Silva, Presidente – Executivos da TelComp, Associação Brasileira das Prestadoras de Serviços de Telecomunicações Competitivas; Paulo Spaccaquerche, Presidente da ABINC – Associação Brasileira de Internet das Coisas; e Ana Andrade, Presidente da Conectar AGRO.

Em seu pronunciamento, Marcos Basso, Presidente da Informa Markets, destacou que, ao longo dos últimos 25 anos, o Futurecom se estabeleceu como a principal plataforma B2B de oportunidades para empresas de tecnologia e transformação digital da América Latina. “Futurecom é um testemunho do poder da tecnologia em remodelar setores, impulsionar o progresso e mudar comportamentos de uma sociedade, andando lado alado e registrando cada importante marco tecnológico”. Basso também destacou o impacto dos avanços tecnológicos em diferentes setores como agro, saúde, indústria e comércio, convidando todos os participantes a usufruírem dos conteúdos, debates e demonstrações ao logo dos três dias de evento.

O Ministro das Comunicações, Juscelino Filho, falou sobre importância do Futurecom e a oportunidade de comemorar os avanços do setor de telecomunicações. Destacou a decisão do Presidente Lula de incluir no novo PAC o eixo estratégico Conectividade e Inclusão Digital, com investimentos previsto, até 2026, de cerca de 28 bilhões, que vão desde implantação do 5G e 4G, até implantação de infovias e conectividade de escolas e unidades de saúde.

Juscelino Filho destacou outras iniciativas como a ENEC, que se propõe a coordenar políticas públicas, tanto de telecomunicações quanto da área da educação, com o objetivo de universalizar a conectividade, até 2026, nas escolas públicas da educação básica, além do lançamento da Política Nacional de Compartilhamento de Postes – “Poste Legal”, uma parceria entre o Ministério das Comunicações e o Ministério de Minas e Energia que garantirá a sustentabilidade e o crescimento da banda larga fixa.

O ministro informou também que, depois de 23 anos, a verba do FUST começou a ser utilizada para estimular a expansão, o uso e a melhoria da qualidade das redes e dos serviços de telecomunicações, reduzir as desigualdades regionais e estimular o uso e o desenvolvimento de novas tecnologias de conectividade para promoção do desenvolvimento econômico e social. Além disso, o ministério avalia, como alternativa para o FUST, apoiar cabos submarinos entre os estados litorâneos, criando mais uma alternativa de resiliência na infra do país.

“Telecomunicações é insumo fundamental para o desenvolvimento de nosso país. O desenvolvimento nacional passa pelo trabalho de todos. Nós, do Ministério das Comunicações, contamos com a colaboração de todo o setor para cumprir essa importante missão”, destaca o ministro Juscelino Filho.

Segundo Hermano Pinto, o Futurecom continua aprofundando debates sobre arquiteturas de rede, tecnologias e aspectos regulatórios, porém ampliando cada vez mais os debates sobre formação de profissionais, inclusão feminina nos mercados de engenharia e da ampla demanda por serviços e aplicações voltados às verticais da economia, tornando-se uma grande vitrine de oportunidades de investimento e de novos negócios.

Outras autoridades e representantes de instituições do setor destacaram a importância das telecomunicações no desenvolvimento econômico e social do país, enfatizando a relevância do evento Futurecom, que reúne especialistas, indústria e prestadores de serviço para discutir as perspectivas e tendências do mercado.

O evento acontece no São Paulo Expo até dia 5 de outubro. Serão mais de 250 marcas expositoras, mais de 30 mil visitantes e 800 palestrantes levando assuntos relevantes do mundo de inovação e tecnologia em mais de 200 horas de conteúdo. O evento vai aprofundar temas sobre os impactos da tecnologia, inovação e principais tendências nacionais e internacionais nas relações entre telcos, empresas de tecnologia e as diversas verticais, como: indústria, agro, meios de pagamentos e bancos, saúde, educação, entre outros.

Para participar, conferir a agenda completa, conhecer palestrantes e painelistas, basta acessar Futurecom 2023. As inscrições estão abertas.

Sobre o Futurecom

Futurecom é uma plataforma B2B que conecta as principais verticais de negócios o ano inteiro, apresentando soluções para o seu negócio, por meio de conexões de comunidades, relacionamentos e conteúdo de qualidade em todos os ambientes: digital, físico e híbrido. O Futurecom conta hoje com uma base de dados qualificada, com mais de 141 mil contatos de profissionais do setor e diversos canais, como plataforma de negócios, website, redes sociais e uma plataforma de conteúdo exclusivo. Futurecom é o parceiro estratégico ideal para promover marcas, lançar produtos, gerar leads qualificados e realizar ações personalizadas para obtenção de um melhor retorno de investimento, com mais foco e assertividade.

Sobre a Informa Markets

A Informa Markets cria plataformas para indústrias e mercados especializados para fazer negócios, inovar e crescer. Nosso portfólio global é composto por mais de 550 eventos e marcas internacionais, sendo mais de 30 no Brasil, em mercados como Saúde e Nutrição, Infraestrutura, Construção, Alimentos e Bebidas, Agronegócio, Tecnologia e Telecom, Metal Mecânico, entre outros. Oferecemos aos clientes e parceiros em todo o mundo oportunidades de networking, viver experiências e fazer negócios por meio de feiras e eventos híbridos, conteúdo digital especializado e soluções de inteligência de mercado, construindo uma jornada de relacionamento e negócios entre empresas e mercados 365 dias por ano.

https://www.futurecom.com.br/